Destinos como Bonito – MS, Floresta Amazônica ou Pantanal Mato-grossense estão ganhando mais visibilidade nos últimos tempos, seja pela boa publicidade ou pelo interesse crescente dos brasileiros em conhecer mais o seu país. Mas, ainda sim, é difícil atrair famílias com bebês e crianças para esses locais.

Sim, fazer uma viagem com crianças pode ser difícil, seja para a cidade vizinha ou para o outro lado do mundo, e é ainda menos pensado quando é algum destino com natureza, por todos os imprevistos que podem ocorrer.

Pensando nisso, criamos este post com 4 dicas para fazer viagem com crianças. Assim, pode ser mais fácil e prazeroso para toda a família conhecer lugares maravilhosos!

1. Pesquise

É sempre importante pesquisar antes de fazer uma viagem, mas quando se está acompanhado de crianças esse passo se torna essencial para que o passeio seja mais agradável para toda a família.

Se já tem um destino de natureza em mente, pesquise hotéis, pousadas ou casas de acomodações que atendam a sua família. Em Bonito – MS, por exemplo, exitem diversas instalações que são ótimas para famílias com crianças.

Procure locais que sejam de fácil acesso, com algum tipo de atividade para ocupar o tempo ocioso das crianças e que te deem algum conforto se houver imprevistos, como uma doença ou alergia.

Aproveite e dê uma pesquisada nos sites de clima, para saber as melhores atividades e datas de viagem. Se for necessário pegar um avião, verifique horários que as crianças estão mais calmas, pois, se puderem dormir ou pelo menos tirar um cochilo, o trajeto passar mais rapidamente e ser mais confortável.

Viva esta experiência
Receba ajuda de nossa equipe para definir o seu roteiro em Bonito MS

2. Planeje

Descobriu o melhor local para você e sua família? Agora é a hora de planejar a viagem com as crianças. Verifique quais atividades o destino apresenta e seus horários e valores — é sempre válido fazer alguma pesquisa com agências de viagem também, pois, mesmo que não feche um pacote, elas podem te ajudar com informações. Se for para Bonito – MS, por exemplo, é necessário ter uma agência te auxiliando, já que todos os passeios na cidade são oferecidos por elas.

Procure saber também se as vacinas das suas crianças estão em dia e se é necessário tomar alguma específica para a região a ser visitada, além de pesquisar se há idade mínima para algum dos passeios que pretendem fazer.

Se possível, compre com antecedência os ingressos para as atrações planejadas. Dessa forma, não fica tudo para em cima da hora e vocês não correm o risco de perder aquele passeio que tanto queriam. Olhe também locais para alimentação, se há opções durante a atração e se existem restaurantes próximos de onde estiver hospedado.

Passeios em fazendas, cachoeiras e balneários podem ser melhores opções que trilhas, se seus filhos forem muito pequenos e não estiverem acostumados a andar. Nesses espaços, a interação com natureza, bichos e água costuma ser ainda maior, sendo uma ótima escolha para diversão para todas as idades.

O Complexo de Ecoturismo Nascente Azul (localizado em Bonito – MS) é uma ótima opção de passeio para famílias. Lá, existem as opções de fazer mergulho e flutuação, além de playground, quadras de vôlei e restaurante próprio.

3. Faça malas compactas

Pronto! Já está tudo marcado, voo agendado, atrações compradas. Hora de fazer as malas. Tente ser o mais compacto possível, pois você não vai querer levar peso desnecessário, principalmente quando já tem que ficar de olho nos filhos.

Nesse momento, volte ao seu planejamento e veja se existe algum código de vestimenta para os passeios. Se não houver, lembre-se de que são lugares geralmente quentes e úmidos, portanto, não esqueça o protetor solar nem algum chapéu ou boné.

Opte sempre por levar roupas confortáveis e que possam ser usadas em mais de um dia, para evitar excessos. Se for fazer trilha, leve tênis e roupas de banho para os momentos de parada, principalmente se for para local de muitas quedas d’água, como Bonito.

Considere também a existência de mosquitinhos e coloque na lista repelentes e algum antialérgico, se a criança tiver alergia a picadas. Não se esqueça dos remédios para os pequenos, especialmente se houver algum recorrente ou para momentos em que eles não estejam se sentindo tão bem.

Para ser o mais econômico possível, pense também que a maior parte do que for levar pode ser comprado lá, então, se não for algo específico da sua família, pode ser deixado para comprar durante a estadia no local de passeio, caso, de fato, haja necessidade.

Mesmo não indo para a praia, é importante ter uma bolsa ou mochila de tamanho médio/grande para levar o que for necessário enquanto estiverem fora do local de hospedagem.

Viva esta experiência
Receba ajuda de nossa equipe para definir o seu roteiro em Bonito MS

4. Aproveite a viagem

Lembre-se que, agora, quem comanda o ritmo das viagens são os pequenos, então, tente se organizar para fazer tudo com um pouco de antecedência, pensando no tempo deles. Chegue cedo ao aeroporto já com os documentos separados, para ser mais fácil na hora de apresentá-los.

Leve algum brinquedo, para que possam ficar entretidos por mais tempo, e algo para beber ou comer durante a decolagem e aterrissagem, pois engolir ajuda com o aumento da pressão no ambiente que ocorre nesses momentos.

Durante os passeios, tente manter o ritmo das crianças e pare quando achar que estão muito cansadas. Se possível, tente agendar atrações com menor número de pessoas, para ser mais cômodo para a família. Leve sempre água, suco e algum lanchinho na mochila, pois passeios como trilhas e cachoeiras podem ser longos e com poucas opções de parada para alimentação.

Imprevistos podem acontecer, então, não fique triste se começar a chover em algum dos dias ou se o local escolhido para o passeio estiver fechado. Apenas procure outras atividades ou tire um tempo para descansar e ficar de preguiça, para se recuperar e voltar ao pique assim que possível.

Por fim, aproveite essa viagem com crianças para se conectar com a família e a natureza à sua volta e curta bastante o tempo que ficar no local. Essa vai ser uma memória de grandes momentos compartilhados tanto para as crianças quanto para os adultos.

Não se esqueça de fazer um álbum de fotos ou filmagens para relembrar a viagem durante o tempo em casa e, então, já pode escolher o destino do próximo passeio.

E aí, gostou das nossas dicas para fazer viagem com crianças para destinos com natureza? Acha que podem ser úteis para você? Compartilhe-as com os amigos nas redes sociais, para eles também possam se informar sobre o assunto!