A maioria das pessoas, hoje em dia, costuma manter contato com os amigos apenas pelas redes sociais. Afinal, a correria do dia a dia é tanta que acaba sobrando pouco tempo para confraternizar e para fazer viagens em grupo. Mas, quem sabe, agora não seja a hora de tirar esse projeto do papel?

Ao sair de férias com pessoas queridas, é possível relaxar, se divertir e resgatar o vínculo de amizade, tão importante para a nossa vida. No entanto, para que tudo ocorra de forma tranquila, é necessário ter muito diálogo e organização.

Pensando nisso, elaboramos este post com algumas dicas que você não pode deixar de considerar ao fazer viagens em grupo. Tomando alguns cuidados, fica muito mais fácil aproveitar ao máximo as atrações, desfrutar da natureza e voltar para casa com energias recarregadas e ótimas recordações. Acompanhe!

O que levar em conta ao fazer viagens em grupo

Por mais que a gente se dê bem com as pessoas com quem escolhe viajar, alguns detalhes do dia a dia podem acabar gerando estresse. Divisão dos custos, opções de passeio, escolha dos restaurantes e até mesmo divisão dos quartos na hora de se hospedar podem gerar certa confusão, caso a organização não seja feita às claras.

Confira, a seguir, o que você não pode deixar de fazer ao organizar viagens em grupo.

viagens em grupo para bonito ms

Defina um objetivo para a viagem

Quanto se trata de grupo, o que não pode faltar é negociação. E isso vale desde o momento de definir o objetivo da viagem. Isso porque uma pessoa pode estar ansiosa para sair de férias apenas para relaxar e outra pode estar contando as horas para aproveitar ao máximo todas as opções de aventura ou ter o grande sonho de fazer um mergulho ou flutuação, por exemplo.

Para não gerar falsas expectativas em ninguém, é importante que o objetivo da viagem seja definido em conjunto, considerando orçamento disponível, preparo físico de cada membro do grupo, características do destino escolhido e o estilo da turma, como um todo.

É claro que é possível viajar com um grupo eclético e incluir no roteiro diversas opções de passeio e momentos que agradem a gregos e troianos. No entanto, é preciso que todos estejam de acordo, para que, durante a viagem, ninguém fique aborrecido por precisar fazer um determinado passeio contra a vontade.

Conheça bem as pessoas

As viagens em grupo são situações que exigem bastante tolerância para que as férias sejam aproveitadas da melhor forma. Por isso, é fundamental conhecer bem as pessoas com quem vai viajar, seus gostos e preferências, principalmente quando se trata de uma viagem de ecoturismo, em que as opções de diversão são tão variadas.

Avalie, ainda durante a organização e o planejamento, se o grupo está disposto a negociar e se as questões são resolvidas de forma tranquila e harmoniosa. Até porque ninguém deseja sair de férias e retornar com uma amizade desfeita, não é mesmo?

É preciso ter em mente que nem sempre um restaurante ou uma opção de passeio será da preferência de todos. Nesses momentos, é importante que a vontade da maioria seja respeitada. Claro, se essa decisão não ferir as limitações de um dos membros do grupo.

Quando a viagem é feita com crianças, também é necessário um pouco mais de atenção. Avalie como os adultos lidam com as frustrações e vontades dos pequenos, já que o ideal é que a opinião de todos seja levada em consideração e respeitada. E o mais importante: sempre com muita conversa.

viajar em grupo para bonito como se organizar

Tenha um orçamento aprovado por todos

A parte financeira de uma viagem em grupo é uma das mais delicadas. O primeiro passo é escolher qual pessoa ficará responsável por administrar os orçamentos e custos da viagem. E é fundamental que seja alguém muito organizado e com disponibilidade para realizar a tarefa.

O líder também deve ter perspicácia para negociar descontos e estudar maneiras de repartir os custos, levando em consideração as particularidades do grupo. Por exemplo: se um casal viaja com um filho e outro casal viaja com dois, como é feito o cálculo da hospedagem? Nos restaurantes, como será feita a divisão das contas? O que fazer quando parte da família decide se aventurar em uma atração radical e outra prefere curtir a natureza?

Por isso, é muito importante que a pessoa escolhida para essa tarefa esteja disposta a atuar de forma justa, para que ninguém fique chateado. Atualmente, a tecnologia também é uma grande aliada na divisão dos gastos. O aplicativo Splitwise, disponível para iOS e Android, é um exemplo de ferramenta que pode ser utilizada para gerenciar as viagens em grupo.

Diversifique as opções de roteiro

No caso de uma turma grande e heterogênea, é fundamental variar as opções de roteiro, para que as pessoas se organizem em grupos menores e aproveitem a viagem da maneira que mais gostarem.

Dessa forma, os que preferem adrenalina podem se arriscar em uma tirolesa, outros podem fazer longas caminhadas e os mais reflexivos podem, simplesmente, contemplar a paisagem. O importante é pesquisar todas as atrações do destino com bastante antecedência, para que todos os dias da viagem sejam aproveitados ao máximo, da maneira como cada um prefere.

Divida as tarefas

Para que ninguém do grupo fique sobrecarregado com a organização, uma ótima prática é dividir as tarefas durante a viagem em grupo. Se uma pessoa vai ficar responsável pela parte financeira, escolha outra para cuidar do transporte.

Da mesma forma, outro membro pode ficar encarregado das compras no supermercado, outro por preparar os alimentos do dia a dia, um terceiro pelo lanche das crianças, e por aí vai. Também é interessante que alguém fique responsável por checar se é necessário providenciar itens de proteção e equipamentos para os passeios, como protetor solar, roupas de neoprene e snorkel.

O importante é que cada um tenha uma função, ainda que pequena. Assim, a viagem fica muito mais proveitosa para todas as pessoas.

Reserve tempo livre

Quando saímos de férias para um local totalmente novo, é normal fazer um roteiro bem extenso, com todas as opções culturais de lazer e de aventura disponíveis. Porém, também é interessante deixar alguns períodos livres, para serem preenchidos no decorrer da viagem.

Agindo dessa forma, o grupo tem a oportunidade de fazer uma grande descoberta por meio das informações obtidas com os moradores locais e até mesmo pode estender um passeio que se tornou muito mais agradável do que o esperado. Afinal, ninguém quer ser obrigado a interromper uma atividade prazerosa na metade porque já está na hora do próximo passeio.

Como você viu, é possível fazer viagens em grupo muito agradáveis, divertidas e que se tornem especiais para todos os envolvidos. E a chave para o sucesso é muita negociação, diálogo e transparência. Agindo assim, certamente as suas próximas férias com os amigos serão inesquecíveis!

Gostou deste post e quer saber mais? Então, você precisa acompanhar as postagens do blog da Nascente Azul. Aqui, você confere vários conteúdos que ajudarão a planejar a sua viagem e ficar por dentro das melhores dicas sobre Bonito!