Com o envelhecimento da população brasileira, o mercado de ecoturismo para terceira idade anda a pleno vapor. Afinal, cresce o número de pessoas com mais de 60 anos interessadas em aproveitar a aposentadoria e curtir o tempo livre conhecendo novos lugares e tendo experiências diferentes.

Assim, há muita gente que gostaria de saber como se preparar melhor para fazer esse tipo de turismo. Pensando nesse aspecto, preparamos para você um guia que mostra as vantagens de se fazer turismo nessa idade, bem como de qual maneira é mais recomendado planejar a viagem e como escolher o destino certo para você.

Além do mais, é possível conferir aqui uma relação dos destinos mais procurados por quem se encaixa no perfil e ver informações especiais sobre a cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, lugar atraente para quem quer ter aventuras singulares e seguras depois dos 60. Interessado no tema? Continue a leitura e confira.

Por que pensar em ecoturismo para terceira idade?

O Brasil tem mais de 27 milhões de brasileiros na terceira idade, e a estimativa é de que esse número seja de 65 milhões em 2050. Esses dados se refletem na vida real e na economia do país. Cada vez mais, aumenta o número de pessoas desse perfil interessadas em sair de casa e conhecer os destinos turísticos brasileiros.

Para se ter uma ideia da real dimensão dessa questão sobre o turismo, estima-se que 25,4% dos idosos têm planos de viajar. A maioria deles (59,9%) promete optar por destinos nacionais. 84% quer viajar acompanhado, enquanto 15% têm planos de fazer o passeio sozinhos.

Devido a esse impacto gerado pela mudança do perfil do turista brasileiro, o setor nacional de turismo tem se preparado para atender melhor a população a partir de um tratamento que leva em consideração as especificidades da faixa etária. Nesse contexto, o ecoturismo, segmento que se apoia de forma sustentável no patrimônio cultural, também não ficou parado, adaptando-se ao perfil do turista idoso.

Para isso, algumas medidas foram adotadas, como a orientação a guias sobre a melhor maneira de lidar com os clientes, a reserva de filas, vagas de carro e assentos preferenciais e a orientação no que se refere à estrutura física dos lugares, que devem ter maior acessibilidade.

O aumento da parcela da população que promete viajar na terceira idade é uma boa notícia para o mercado brasileiro. A tendência promete aumentar com o passar dos anos, e essa é uma ótima oportunidade para garantir melhorias no setor, cada vez mais profissional e inclusivo no país.

Quais as vantagens do turismo para os idosos?

Muita gente concorda com o fato de que fazer viagens é a melhor maneira de gastar as economias. Afinal de contas, ao fazê-lo, o turista tem a oportunidade de expandir seu conhecimento sobre lugares e culturas, compra para si experiências exclusivas e encontra tempo para se conectar com o seu redor e com a natureza, sobretudo quando opta pelo turismo consciente.

Tudo isso é verdade, mas o que pouca gente parou para refletir é que o hábito de viajar é ainda mais benéfico para a terceira idade. Quer saber por quê? Acompanhe os motivos a seguir.

Reduz o estresse

O dia a dia, sobretudo nas grandes cidades, é marcado pelo excesso de tarefas e pelo acúmulo de obrigações. Mesmo na terceira idade, época da vida normalmente mais calma, as pessoas costumam ter muitas fontes de estresse, seja por fatores relacionados à violência ou poluição nos municípios, seja por causa dos relacionamentos sociais com a família e com os amigos.

Viajar é uma ótima maneira de reduzir o estresse porque tira a pessoa das obrigações diárias, forçando a quebra de rotina que, impreterivelmente, nos afasta das pequenas obrigações, sejam elas cuidar do neto, limpar a casa, dedicar-se ao jardim ou pensar nas contas.

Assim, investir em uma viagem ajuda a, de fato, dedicar um tempo a si mesmo e a refletir sobre a própria vida, afastando-se, nem que seja por um tempo, das preocupações comuns à rotina.

Melhora o convívio com familiares

Sabia que o afastamento das obrigações e a realização de sonhos pessoais ( quem é que não gosta de viajar?) ajudam a melhorar o convívio com as pessoas? Quando dedicamos um tempo a nós mesmos, é muito mais fácil ser feliz. Todo mundo requer um momento de distanciamento para entrar em sintonia com as próprias necessidades.

Nesse sentido, viajar ajuda as pessoas a ficarem mais satisfeitas consigo mesmas e a terem planos a médio e longo prazo, o que é bastante útil para nos tornar alegres e pacientes com a nossa vida e, de quebra, também com os outros.

Beneficia a saúde emocional

Levando-se em consideração o que foi abordado no tópico acima, fica fácil perceber como viajar traz benefícios para a saúde emocional, não é? Como as viagens podem proporcionar sensações e emoções positivas, elas são ótimas aliadas na hora de ajudar a fortalecer a autoconfiança e a autoestima.

Esses dois aspectos são importantíssimos para a saúde emocional da população idosa, principalmente quando se está inserido em uma cultura, como é o caso do Brasil, que não costuma valorizar de forma devida as conquistas pessoais possibilitadas pelo processo de envelhecimento.

É preciso lembrar que envelhecer pode trazer consigo inúmeras características positivas, como propensão para a liderança, experiência, sabedoria e maior autoridade moral. A população idosa precisa fortalecer a confiança nesses aspectos positivos para assegurar a boa manutenção da saúde emocional mesmo com o passar dos anos. 

Retarda o envelhecimento

Além de contribuir para o fortalecimento da saúde emocional, viajar também traz benefícios para a saúde física e mental, na medida em que se relaciona com a realização de atividades físicas, como caminhadas e atividades ao ar livre. Isso ajuda a melhorar questões como flexibilidade, força muscular, consciência corporal e mobilidade.

Outras consequências positivas são a diminuição da pressão arterial e a melhora na circulação sanguínea e no sistema respiratório. Quanto à saúde mental, viajar ajuda a retardar o envelhecimento porque estimula a atividade cerebral, já que o idoso precisa sair da rotina.

A criação de novas experiências e lembranças é ótimo para estimular a memória nessa fase da vida, bem como contribui para incentivar a criatividade, o raciocínio e a imaginação.

Potencializa a independência

Ao viajar sozinho ou acompanhado, o idoso faz atividades não rotineiras e, com isso, pode se surpreender com a própria capacidade de resolver de maneira independente as questões que porventura apareçam. Isso contribui para a autoestima e aumenta a confiança de que é possível fazer certas atividades com autonomia.

Assim, os benefícios de uma viagem podem se estender ao dia a dia, na medida em que a pessoa consegue descobrir quais são seus novos limites. Vale a pena lembrar que a maioria dos idosos no Brasil não apresenta nenhum tipo de restrição física e mental. De acordo com a Cartilha do Idoso de 2016, preparada pelo Ministério do Turismo, 60% deles são perfeitamente saudáveis.

Ajuda a fazer novas amizades

Viajar ajuda na socialização. Com a prática, é possível conhecer gente nova e diferente, o que é sempre bom para fortalecer a capacidade de se relacionar. Isso é especialmente importante para os idosos, já que o risco de sofrer com depressão ou isolamento social aumenta nessa faixa etária.

Além do mais, o contato com outras pessoas e com atividades afins promove amizades que ultrapassem o tempo do passeio. Uma dica é procurar por grupos de pessoas na terceira idade que montam viagens exclusivas para essa faixa etária. Assim, dá para transformar a prática de viajar em hábito a ser feito de maneira segura e sempre com companhias que têm os mesmos interesses.

Como planejar uma viagem para a terceira idade?

Para fazer o planejamento, o primeiro passo é pensar com cuidado na segurança em viagem. Para isso, é preciso avaliar as condições da hospedagem que se pretende utilizar. No caso dos idosos, é especialmente importante atentar para a infraestrutura. Algumas dicas básicas são conferir se o local tem fácil acessibilidade, com barra horizontal nos banheiros e corrimão em escadas e declives, por exemplo.

Também é indicado evitar lugares com pisos derrapantes e degraus altos. Quanto ao local dos passeios, é importante procurar por empresas de boa reputação no mercado e que ofereçam os equipamentos de segurança indicados por lei, especialmente no caso das atividades de ecoturismo para terceira idade. Além disso, é recomendado pedir por guias experientes e preparados para lidar especificamente com o público idoso.

Tão importante quanto a questão da segurança é a atenção à saúde do turista antes mesmo de fazer a viagem. Por isso, pense na possibilidade de marcar uma consulta com o clínico geral, contar a ele as particularidades do passeio e pedir pela indicação de medicamentos ou orientações específicas.

Dependendo do destino, a vacinação também pode ser necessária. Por isso, investigue por informações relacionadas ao passeio antes de chegar ao local. Por último, a dica é planejar também os gastos financeiros e sempre ter uma reserva para eventuais problemas. Com a mudança de clima ou comida, por exemplo, é normal ter indisposições.

Por isso, é importante contar com a possibilidade de gastos extras nessas circunstâncias. Outra dica que tem a ver tanto com segurança quanto com saúde e gastos imprevistos é tentar se hospedar próximo a postos de saúde ou hospitais, de maneira a estar mais preparado em caso de indisposições ou problemas mais graves.

Qual o perfil dos destinos turísticos para a terceira idade?

Agora que já entendemos como o turismo da terceira idade tem ganhado espaço no Brasil, e como ele oferece diversos benefícios aos praticantes, que tal conhecer alguns dos destinos e atividades mais buscados por essa faixa etária? Acompanhe.

Viva aventuras inesquecíveis em Bonito (MS)

Reconhecida pela oferta de turismo ecológico de qualidade e pela ótima infraestrutura, Bonito, no Mato Grosso do Sul, é uma opção que se enquadra perfeitamente aos mais diversos estilos de viagem, independentemente do perfil do idoso. As ofertas na cidade são tantas que vamos falar sobre elas detalhadamente, em uma parte específica deste texto.

Por enquanto, vale a pena ter em mente que viajar para Bonito é a opção perfeita para quem busca unir a possibilidade de relaxar e entrar em contato com a natureza à realização de esportes instigantes, como o mergulho e a flutuação, com total segurança.

Relaxe em Águas de Lindóia (SP)

A cidade é muito procurado por esse perfil de turista por causa de suas águas termais que, combinadas com o ar puro e a paisagem serrana, são uma opção perfeita para quem quer relaxar e passar dias sem grandes preocupações. Fica a 180 quilômetros de São Paulo, capital.

Aproveite as propriedades terapêuticas das águas de Caldas Novas (GO)

Quer outra opção bastante famosa de lugar que oferece águas termais? Situada no Centro-Oeste, no estado de Goiás, Caldas Novas é a queridinha de quem busca relaxar nas suas águas terapêuticas. Além disso, a cidade oferece o conforto e a infraestrutura do complexo hoteleiro considerado o maior da região.

Faça compras em Serra Negra (SP)

Se você gosta de fazer compras, saiba que Serra Negra oferece dezenas de lojas de roupas e feiras de artesanato conhecidas pela boa oferta de produção de malha. A cidade é uma das mais procuradas pela população idosa quando o assunto é procurar para onde viajar.

Encante-se com a história de Minas Gerais

Como são muitas as ofertas de cidades que preenchem o requisito, preferimos destacar aqui todo o estado em vez de apenas um município. Minas Gerais abriga cidades importantes para a história do país que, além de tudo, oferecem lindas paisagens, obras arquitetônicas famosas e uma culinária cotada a se tornar referência mundial.

Por isso, escolha cidades como Ouro Preto, Mariana, Tiradentes e São Tomé das Letras, consideradas patrimônio da humanidade, e prepare-se para uma viagem repleta de sabores e muita diversão! O passeio pode ser especialmente interessante para os católicos, já que a região é repleta de igrejas que abrigam obras de mestres importantes, como o Aleijadinho.

Curta uma praia em Fortaleza

A capital do Ceará é destino perfeito para quem curte muito sol, água quente e tradições folclóricas estonteantes, como o Bumba meu boi, a Dança do Coco e o Maracatu. A oportunidade também é uma ótima pedida para quem curte o forró, que tem destaque especial na vida noturna da cidade. Outra atração é a Praia do Futuro, queridinha dos turistas por causa da excelente infraestrutura, do mar limpo e do parque aquático da região.

Delicie-se com o roteiro de vinhos no Rio Grande do Sul

Os apaixonados por vinhos vão adorar conhecer o roteiro que envolve as cidades de Flores da Cunha e Nova Pádua, no Rio Grande do Sul. Durante o passeio, é possível conhecer vinícolas e vinhedos, fazer cursos de viticultura e saborear os melhores vinhos da região. Se é essa a sua praia, não perca a aventura!

Aprecie Holambra, a Cidade das Flores (SP)

Ótima opção para quem gosta de passeios tranquilos. A cidade tem extensos campos floridos e abriga a Expoflora, a maior festa de flores da América Latina. Outros destaques são a culinária e a arquitetura, que têm forte influência da Holanda, país do noroeste da Europa.

Passeie de bugue em Natal (RN)

Que tal uma aventura inesquecível na costa considerada a mais bonita do Nordeste? Em Natal, é possível se admirar com paisagens estonteantes e vivenciar um pouco de adrenalina em passeios de bugue ou dromedário nas dunas. A cidade também oferece ótima infraestrutura aos viajantes.

Faça trilhas em Socorro (SP)

A cidade de Socorro, em São Paulo, é uma boa opção para quem gosta de fazer caminhadas e trilhas leves. Associado a isso, oferece feirinhas e lojas reconhecidas pela venda de artesanato e roupas de malha. Outra opção que costuma agradar aos turistas é o passeio à antiga usina hidroelétrica da região, feita por ingleses no início do século passado.

Como escolher o destino ecológico ideal para a terceira idade?

Além de pesquisar por locais que tenham boa infraestrutura e ofereçam conforto, é importante pensar nas atividades que se pretende fazer no local. Além de adequadas para a faixa etária, é necessário que elas casem com a personalidade dos turistas. Afinal de contar, há vários perfis de idosos, cada um com gostos e vontades diferentes.

Por isso, avalie adequadamente o perfil na hora de escolher o destino. A vantagem do turismo ecológico é que ele é bem abrangente e consegue satisfazer uma gama considerável de gostos e tendências, já que é possível encontrar na categoria desde atividades que envolvem mais impacto e adrenalina até a tranquila contemplação e harmonia com a natureza.

Dessa forma, pense no perfil e na personalidade do viajante. Existem atividades mais dinâmicas que, feitas com o acompanhamento e a infraestrutura certos, são totalmente compatíveis com a terceira idade. Para saber mais sobre isso, basta conversar com agências de turismo, ou com outras empresas do setor, e preparar um roteiro adequado.

Perfis mais tranquilos, por sua vez, têm muitas opções de passeios disponíveis relacionados a atividades como a pesca e a contemplação da fauna e da flora, por exemplo. Tudo isso, é claro, sem causar impacto negativo ao meio ambiente, já que essa é a premissa básica do turismo ecológico.

Como o turista da terceira idade pode aproveitar a viagem a Bonito?

Lembra que combinamos de falar de todas as ofertas que Bonito tem a oferecer ao turista da terceira idade? Pois bem, a hora é essa! Além da ótima infraestrutura, que oferece conforto e segurança aos visitantes, a cidade tem várias opções de passeios, que oferecem desde a contemplação da extensa variedade de animais à visitação de grutas e realização de atividades como a flutuação, por exemplo.

Quem gosta do contato com a natureza vai se deliciar em saber que há uma ampla variedade de animais em Bonito que podem ser contemplados durante a estadia no local, a exemplo da onça-pintada, do lobo-guará e da cobra sucuri. A flutuação feita na cidade, por exemplo, é uma ótima oportunidade de entrar em contato com os peixes da região.

Feita de maneira profissional e com monitores capacitados, ela pode ser realizada também por idosos e pessoas com mobilidade reduzida com total segurança. É uma ótima oportunidade para quem quer ver de perto a flora e a fauna local e relaxar com uma experiência única.

Os interessados em fazer passeios contemplativos podem aproveitar a oportunidade para visitarem também as grutas em Bonito. Entre as opções, que contemplam também as cavernas de São Miguel e São Mateus, destaca-se especialmente a Gruta do Lago Azul, cartão-postal da cidade que se destaca pela água cristalina e exuberante. 

Além das atrações, que passam também pela oferta de trilhas, cavalgadas e passeios a cachoeiras, o visitante tem a oportunidade de conhecer o Pantanal Sul a partir da cidade. Há a oferta de pacotes que duram vários dias, ou uma única manhã e tarde, na região, com direito a almoço regional, contato com a cultura pantaneira e safári para a contemplação de animais.

Por que contar com a Nascente Azul?

Além de oferecer uma extensa variedade de passeios, como flutuação e mergulho, a Nascente Azul é um complexo turístico que oferta outras opções também muito adequadas ao viajante da terceira idade. O Balneário Nascente Azul, por exemplo, conta com praia de água doce, piscina ecológica, playground, bar e restaurante, entre outras ofertas.

Além disso, a empresa tem ótima infraestrutura, guias e monitores capacitados para assistir os visitantes e preço diferenciado para o público da terceira idade. A responsabilidade dela em relação a seu serviço é confirmada pelo compromisso que tem com as normas do Sistema de Gestão da Segurança no Turismo, tendo, inclusive, o selo ISO 21101, certificado internacional que atesta as boas práticas de segurança.

Viu só como o ecoturismo para terceira idade conta com ótimas ofertas no Brasil? Não importa o perfil do visitante, sempre é possível encontrar um lugar perfeito para relaxar e aproveitar os benefícios de viajar. Ao procurar um destino que congrega várias características positivas, como ótima infraestrutura e ampla oferta de diferentes tipos de atividades, fica ainda mais fácil se divertir com total segurança!

Gostou das dicas que preparamos para você? Aproveite a oportunidade e conheça tudo o que a Nascente Azul tem a oferecer aos seus visitantes.