Mesmo na alta temporada, é possível viajar para Bonito sem gastar muito. Para isso, é preciso levar em consideração algumas dicas simples e fáceis de serem aplicadas, como fazer um bom planejamento, traçar um roteiro, montar uma relação de hotéis e relacionar as melhores atrações que têm um preço acessível.

Gostou da ideia de saber detalhadamente como viajar para Bonito com pouco dinheiro na alta temporada? Continue a leitura deste post e veja as informações especiais que preparamos para você. Depois, é só se planejar, preparar-se para colocar o pé na estrada e conhecer esse magnífico cenário do Brasil para fazer ecoturismo.

Planeje a viagem atentamente

Quem quer fazer uma viagem econômica não pode abrir mão de pesquisar atentamente algumas questões importantes. O principal gasto que costuma pesar no orçamento são as passagens, por isso, é interessante começar por aí. Faça uma relação de todas as opções que você tem levando em consideração a localização da sua cidade.

Às vezes, sai mais barato pegar um ônibus até alguma outra capital e, de lá, ir de avião ao destino, em vez de fazer o trajeto aéreo partindo do seu ponto de origem. Avalie transportes diferentes (como ônibus ou avião), bem como a possibilidade de fazer mais de uma parada. Outra opção que pode ser interessante é montar uma excursão e planejar uma van ou carro para levar todo o grupo.

Com o valor dividido, a opção pode ser mais barata do que o ônibus convencional e, de quebra, vocês ainda podem combinar de utilizar o serviço também na cidade de Bonito, o que é uma alternativa bastante útil, já que algumas atividades são distantes do centro do município. Além de ser flexível em relação à escolha de transporte para conseguir achar o melhor preço, também é importante pesquisar com bastante antecedência.

Dependendo do trecho, você pode achar passagens de avião econômicas se pesquisar meses antes da viagem. Ver também em sites que vendem milhas ou fazem uma relação das ofertas de todas as companhias aéreas é outra opção interessante.

Monte um roteiro

Quando sabemos exatamente o que queremos fazer, fica mais fácil economizar tempo e dinheiro. Por isso, pense que atividades em Bonito são essenciais para você e procure antes mesmo de sair de casa informações sobre horários e distâncias. Com uma relação do que você quer fazer em mãos, peça ajuda a uma agência para tentar separar os passeios de maneira que os horários possam se encaixar.

Assim, você não corre o risco de fazer apenas uma atividade no meio do dia e ficar sem opções para a manhã ou para a tarde. Lembre-se de que tempo é dinheiro. Portanto, quanto mais você montar e seguir um roteiro, melhor será para as suas finanças e para o aproveitamento do dia na cidade.

Pense nas alternativas de hospedagem mais econômicas

Você sabe o que são os hostels? Eles são albergues que, além de oferecem quartos compartilhados, por vezes ofertam também quartos individuais com um valor abaixo daqueles oferecidos pelos hotéis e pousadas tradicionais.

Quem divide um quarto nesses albergues pela primeira vez costuma se surpreender, visto que tende a ser uma experiência agradável e enriquecedora. Afinal, nesses espaços, você tem uma maior oportunidade de interagir com as pessoas do que quando fica em hotéis. Quem escolhe esse tipo de hospedagem geralmente não o faz apenas pelos baixos preços.

Aqueles que têm esse hábito sabem que é uma ótima oportunidade de confraternizar e fazer novos amigos de várias partes do mundo. Até mesmo quem viaja sem companhia tem uma grande chance de não fazer nenhum passeio sozinho depois de se hospedar em um albergue. Para isso, basta se permitir.

Por isso, aproveite o ensejo de economizar e experimente a opção de se hospedar em locais como esse. Bonito oferece algumas opções ao viajante, algumas delas com estruturas que não deixam nada a desejar em comparação com os hotéis, já que oferecem piscina, café da manhã e área de lazer.

Pesquise as atrações turísticas do local

Economizar em todos os tópicos anteriores é importante para que você tenha dinheiro para gastar com o que foi a principal razão de fazer a viagem: as atrações disponíveis no local. A pessoa que viaja a Bonito precisa desfrutar de certas experiências como o mergulho e a flutuação, porque são atividades enriquecedoras que vão tornar o passeio inesquecível.

É importante se planejar para investir um pouco mais nesse quesito, mas algumas dicas ajudam a economizar. Você pode mesclar essas atividades essenciais a atrações econômicas e também muito agradáveis, como a visita ao Balneário Nascente Azul, complexo com ótimo custo-benefício que reúne várias atividades em um único espaço, como tirolesa aquática, piscina ecológica e praia de água doce.

Além disso, há o AquaLokko, circuito de aventura aquático com várias pontes suspensas e com diferentes níveis de dificuldade. A opção é interessante porque, além das excelentes ofertas, é uma forma de fazer várias atividades em um mesmo local, o que garante economia de dinheiro e tempo com o transporte.

Lá, também é possível comer e usar o bar. Por isso, se prepare para gastar um dia inteiro no local e aproveitar o cenário paradisíaco para relaxar e aproveitar o merecido descanso. Outras opções imperdíveis e econômicas para se fazer em Bonito, mesmo na alta temporada, são a Gruta do Lago Azul, que é o cartão-postal da cidade, e o Aquário de Bonito, local no qual se pode interagir com animais e observar mais de 70 espécies de peixes presentes na região.

Com planejamento e pesquisa, viajar para Bonito com pouco dinheiro é completamente possível, mesmo na alta temporada. O importante é avaliar com antecedência como se pode diminuir gastos com transporte e hospedagem e se preparar para gastar com os melhores passeios que a cidade tem a oferecer.

Assim, dá para aproveitar ao máximo a viagem, mesmo se a ideia é utilizar um orçamento reduzido. Gostou das dicas? Compartilhe este post nas redes sociais e divida com seus amigos o plano de conhecer esse lugar tão especial do Brasil de maneira inteligente e econômica!